Biblioteca de Obras Raras Átila Almeida
Alunos do Colégio Estadual da Prata participam de visita guiada à Biblioteca de Obras Raras Átila Almeida
13 de junho de 2018
A Biblioteca de Obras Raras Átila Almeida da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) recebeu, na última segunda-feira (11), alunos do ensino médio da Escola Estadual Dr Elpídio de Almeida, o Estadual da Prata, para uma visita guiada ao acervo de cordéis. A visita teve a finalidade de desenvolver atividades sobre a importância dos livretos como Leia Mais...
Obra do mês de Junho: Cordel “São João Também é História” de Manoel Monteiro.
11 de junho de 2018
São João também é história. É tempo de comemoração, de festejos, de colheita, de alegria, de tradição (inter)cultural, de literatura de cordel. Com a semente do sincretismo religioso dos legados pagão e cristão, as festas juninas valorizam os patrimônios culturais locais e revelam muitos elementos históricos, religiosos e até mitológicos. Contagiados por essa atmosfera alegre, Leia Mais...
Obra do mês de Maio: Classificação dos escravos para serem libertados pelo fundo de emancipação de Campina Grande, 1876.
4 de maio de 2018
“Senhor Deus dos desgraçados! /Dizei-me vós, Senhor Deus, /Se eu deliro… ou se é verdade /Tanto horror perante os céus?!… /Ontem simples, fortes, bravos. /Hoje míseros escravos, /Sem luz, sem ar, sem razão…” Parte de um dos poemas épicos mais conhecidos da literatura brasileira, Navio Negreiro, do escritor Castro Alves, estes versos reverberam em um Leia Mais...
Obra do mês de Abril: Obras completas de Jorge Luis Borges, 1998.
5 de abril de 2018
    “Sempre imaginei que o paraíso seria algum tipo de biblioteca.”, registrou um dos maiores escritores da literatura universal, Jorge Luís Borges, em Poema de los dones, de 1955. Em alusão ao dia do bibliotecário comemorado em 12 de março, o Acervo Dr. Severino Bezerra de Carvalho, pertencente à Biblioteca de Obras Raras Átila Almeida, Leia Mais...
Centro Artístico Cultural da UEPB está com inscrições abertas para Oficina de Poesia Popular e Cordel
8 de março de 2018
O Centro Artístico Cultural (CAC) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Campina Grande, está com inscrições abertas para a oficina de Poesia Popular e Cordel, a ser ministrada pelo poeta e declamador Iponax Vila Nova. A atividade, efetuada através da Pró-Reitoria de Cultura (Procult), é gratuita e alinha-se à missão da UEPB de estimular Leia Mais...
Obra do mês de Março: Enciclopédia da mulher pela Editora Globo S. A, 1961.
1 de março de 2018
A igualdade de gênero é tema recorrente nas discussões contemporâneas, principalmente no que se refere aos seus efeitos de sentido e às relações de poder dentro da sociedade. Nesse sentido, são ressaltados os discursos sobre o papel da mulher ao longo da história que reforçaram estereótipos de subserviência e sustentaram discursos de violência contra o Leia Mais...
Biblioteca Átila Almeida disponibiliza acervo do poeta e político Ronaldo Cunha Lima para acesso público
11 de dezembro de 2017
  A Biblioteca de Obras Raras Átila Almeida, instalada no Câmpus I da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Campina Grande, acaba de colocar à disposição do público o acervo do poeta e político Ronaldo Cunha Lima. Trata-se de uma biblioteca com 3.157 volumes doados em agosto de 2017 por Maria da Glória Rodrigues da Leia Mais...
Obra do mês de Dezembro: “O Livro de Natal” de 1947, publicado pela Livraria Martins.
4 de dezembro de 2017
O mês de dezembro é marcado por uma das festividades mais importantes e simbólicas para a cultura ocidental cristã: o Natal. Tempo de repensar, de recomeçar e de se transformar, o Natal desperta profundas reflexões sobre a vida e as ações humanas. Na literatura, fonte inesgotável de conhecimento e estudo sobre as representações e comportamentos humanos, Leia Mais...
Obra do mês de Novembro: Cordel “A Allemanha vencida e humilhada / Victória dos Alliados / Os horrores da influenza hespanhola” de Leandro Gomes de Barros.
9 de novembro de 2017
Declamada ao som de uma viola, cantando o cotidiano do povo, os causos e as agruras, a literatura de cordel enraizou-se no Nordeste brasileiro, propagando a arte popular. Os folhetos, com cadência melódica, pendurados em cordas nas feiras ao ar livre, perpetuam o folclore brasileiro, as tradições literárias regionais e o patrimônio cultural. Trazendo o Leia Mais...
Trabalho de higienização e conservação de obras raras garante preservação da cultura popular nordestina
10 de outubro de 2017
Imagine uma publicação de folhas delicadas, geralmente confeccionada de maneira artesanal, em papel-jornal, com desenhos e xilogravuras raros e conteúdos literários que representam as pelejas, memórias, cantorias, graças e expressividades do Nordeste brasileiro. Some-se a isso impressões em tipografia com mais de 100 anos, históricas e com cópias quase inexistentes. Estas são algumas das características Leia Mais...