Biblioteca de Obras Raras Átila Almeida
Obra do mês de Julho: “Registro fotográfico histórico da construção do Parque do Povo, 1986”
4 de julho de 2018
Ainda contagiados com a atmosfera alegre e simbólica de uma das maiores festividades de nossa região, o São João, a Obra do Mês de Julho é um registro fotográfico histórico da construção do Parque do Povo, pertencente ao acervo do Diário da Borborema e salvaguardado pela Biblioteca de Obras Raras de Átila Almeida. Festejado desde Leia Mais...
Obra do mês de Junho: Cordel “São João Também é História” de Manoel Monteiro.
11 de junho de 2018
São João também é história. É tempo de comemoração, de festejos, de colheita, de alegria, de tradição (inter)cultural, de literatura de cordel. Com a semente do sincretismo religioso dos legados pagão e cristão, as festas juninas valorizam os patrimônios culturais locais e revelam muitos elementos históricos, religiosos e até mitológicos. Contagiados por essa atmosfera alegre, Leia Mais...
Obra do mês de Maio: Classificação dos escravos para serem libertados pelo fundo de emancipação de Campina Grande, 1876.
4 de maio de 2018
“Senhor Deus dos desgraçados! /Dizei-me vós, Senhor Deus, /Se eu deliro… ou se é verdade /Tanto horror perante os céus?!… /Ontem simples, fortes, bravos. /Hoje míseros escravos, /Sem luz, sem ar, sem razão…” Parte de um dos poemas épicos mais conhecidos da literatura brasileira, Navio Negreiro, do escritor Castro Alves, estes versos reverberam em um Leia Mais...
Obra do mês de Abril: Obras completas de Jorge Luis Borges, 1998.
5 de abril de 2018
    “Sempre imaginei que o paraíso seria algum tipo de biblioteca.”, registrou um dos maiores escritores da literatura universal, Jorge Luís Borges, em Poema de los dones, de 1955. Em alusão ao dia do bibliotecário comemorado em 12 de março, o Acervo Dr. Severino Bezerra de Carvalho, pertencente à Biblioteca de Obras Raras Átila Almeida, Leia Mais...
Obra do mês de Março: Enciclopédia da mulher pela Editora Globo S. A, 1961.
1 de março de 2018
A igualdade de gênero é tema recorrente nas discussões contemporâneas, principalmente no que se refere aos seus efeitos de sentido e às relações de poder dentro da sociedade. Nesse sentido, são ressaltados os discursos sobre o papel da mulher ao longo da história que reforçaram estereótipos de subserviência e sustentaram discursos de violência contra o Leia Mais...
Obra do mês de Dezembro: “O Livro de Natal” de 1947, publicado pela Livraria Martins.
4 de dezembro de 2017
O mês de dezembro é marcado por uma das festividades mais importantes e simbólicas para a cultura ocidental cristã: o Natal. Tempo de repensar, de recomeçar e de se transformar, o Natal desperta profundas reflexões sobre a vida e as ações humanas. Na literatura, fonte inesgotável de conhecimento e estudo sobre as representações e comportamentos humanos, Leia Mais...
Obra do mês de Novembro: Cordel “A Allemanha vencida e humilhada / Victória dos Alliados / Os horrores da influenza hespanhola” de Leandro Gomes de Barros.
9 de novembro de 2017
Declamada ao som de uma viola, cantando o cotidiano do povo, os causos e as agruras, a literatura de cordel enraizou-se no Nordeste brasileiro, propagando a arte popular. Os folhetos, com cadência melódica, pendurados em cordas nas feiras ao ar livre, perpetuam o folclore brasileiro, as tradições literárias regionais e o patrimônio cultural. Trazendo o Leia Mais...
Obra do mês de Outubro: “Datas Campinenses” por Epaminondas Câmara
2 de outubro de 2017
Apontada como uma das 20 metrópoles brasileiras do futuro, Campina Grande, na Paraíba, é conhecida por ser um dos principais polos industriais e tecnológicos da região Nordeste e América Latina. Também se destaca por ser um importante centro universitário e por ter um recheado calendário cultural com mais de 20 eventos ao longo do ano, Leia Mais...
Obra do mês de Setembro: Primeira Edição da Revista VEJA
4 de setembro de 2017
“Prezado leitor: Onde quer que você esteja, na vastidão do território nacional, estará lendo estas linhas praticamente ao mesmo tempo que todos os demais leitores do País. Pois VEJA quer ser a grande revista semanal de informação de todos os brasileiros. O Brasil não  pode mais ser o velho arquipélago separado pela distância, o Leia Mais...