Biblioteca de Obras Raras Átila Almeida

Obra do mês de julho: livro “Antologia Poética”

1 de julho de 2019

Te amo sin saber cómo, ni cuándo, ni de dónde,
te amo directamente sin problemas ni orgullo:
así te amo porque no sé amar de otra manera,
sino así de este modo en que no soy ni eres,
tan cerca que tu mano sobre mi pecho es mía,
tan cerca que se cierran tus ojos con mi sueño.

De uma personalidade poética marcada pela diversidade de matizes que abrangem desde a escrita engajada até o lirismo, o chileno Ricardo Eliezer Neftalí Reys ou Pablo Neruda (Pseudônimo) é reconhecido em diversos países pela sua escrita poética de caráter humanista e plural. Pablo Neruda foi o ganhador do Prêmio Nobel de Literatura em 1971 e registra em sua produção literária a influência de outros escritores, revelando a pluralidade de suas obras por meio da intertextualidade na confecção de sua poesia, ao mesmo tempo que serve de referência para outros poetas.

Diplomata, o poeta conheceu muitos lugares de todos os continentes e ressignificou suas experiências a partir de seus próprios sentidos, desde paisagens, sons, aromas, sabores e sensações táteis. Assim, sua produção literária é marcada por sua cosmovisão e carrega traços do poeta enquanto um viajante plural, tendo produção associada e analisada a partir de fatos que marcaram sua vida.

Por toda essa particularidade e importância no cenário cultural e literário internacional, o “Projeto Obra do Mês” elege a obra “Antologia Poética”, de Pablo Neruda, de 1976. A obra é uma edição bilingue (português e espanhol) e tem a apresentação de Jorge Edwards e Eliane Zagury, reunindo em mais de 250 páginas a diversidade de produção poética do autor.

A obra traz “Vinte poemas de amor e uma canção desesperada” e outros livros que reverberam em imagens poéticas o amor pujante nas mais diversas faces, as experiências sensoriais e culturais, as reflexões humanas, sociais e políticas. Em “Antologia Poética” a singularidade de sua poesia pode ser observada em toda sua sobeja e sensibilidade que renderam ao poeta o seu reconhecimento internacional.




“Antologia Poética” pertence ao Acervo Dr. Severino Bezerra de Carvalho da Biblioteca de Obras Raras Átila de Almeida e está disponível para pesquisas e consultas no prédio da Biblioteca Central, Campus I, Bodocongó.