Biblioteca de Obras Raras Átila Almeida

Obra do mês de Novembro: Cordel “A Allemanha vencida e humilhada / Victória dos Alliados / Os horrores da influenza hespanhola” de Leandro Gomes de Barros.

9 de novembro de 2017

Declamada ao som de uma viola, cantando o cotidiano do povo, os causos e as agruras, a literatura de cordel enraizou-se no Nordeste brasileiro, propagando a arte popular. Os folhetos, com cadência melódica, pendurados em cordas nas feiras ao ar livre, perpetuam o folclore brasileiro, as tradições literárias regionais e o patrimônio cultural.

Trazendo o fio condutor da relação recíproca entre o popular e o erudito, a Biblioteca de Obras Raras Átila de Almeida elegeu o cordel “A Allemanha vencida e humilhada / Victória dos Alliados / Os horrores da influenza hespanhola”, do trovador paraibano Leandro Gomes de Barros, a fim de comemorar o mês do nascimento desse inventor do cordel.

O folheto escolhido, um exemplar raro de 1918, pretende mostrar a riqueza temática do cordel, descortinar o cordel como fonte histórica, que também narra fatores políticos, sociais, culturais e econômicos mundiais. Além de mostrar que o passado pode ser revisitado, o presente ser problematizado e o futuro ser tecido na via da ficcionalidade.

A obra contém 16 páginas e aborda uma temática muito comum na época em que foi tipografada: a Primeira Guerra Mundial. Apresentando um discurso em defesa aos Aliados (grupo de países formados pela Rússia, França, Grã-Bretanha), o cordelista difunde a ideia de que a Alemanha seria, de fato, vencida, levando em consideração a entrada na guerra dos Estados Unidos da América, em abril de 1917. Esse cordel só foi publicado dois meses após a morte de Leandro Gomes de Barros (em 1918) e a guerra encerra-se 08 meses após esse acontecimento.

Além da “Alemanha vencida e humilhada”, destaca-se ainda duas obras de Leandro Gomes de Barros, datadas de 1920, que fazem parte do acervo de cordéis e são de grande relevância para pesquisadores e historiadores, a saber “A Batalha de Oliveiros com Ferrabraz e a seca do Ceará” e “O divórcio da lagartixa e a peleja de Antônio Batista e Manuel Cabeceira”.

A poesia de Leandro Gomes de Barros é apresentada à comunidade para ser lida, sentida, cantada e revisitada, pois o encanto dos versos e das rimas dos folhetos é garantido. Eis o convite à Biblioteca de Obras Raras Átila de Almeida que conta, atualmente, com cerca de 18 mil cordéis, sendo uma das maiores coleções desta literatura no mundo.

________________________________________________________

Para ter acesso ao catálogo de cordéis basta clicar aqui ou visitar a aba “Acervo” no nosso site.

Para ler os versos contidos na obra do mês e contemplar outras duas grandes obras do poeta em formato on-line, clique no link abaixo e acesse o material completo:
Obra do mês: “A Allemanha vencida e humilhada / Victória dos Alliados / Os horrores da influenza hespanhola”
Cordel raro 1: “A Batalha de Oliveiros com Ferrabraz e a seca do Ceará”
Cordel raro 2: “O divórcio da lagartixa e a peleja de Antônio Batista e Manuel Cabeceira”